2015 com RITA LEE - LEEmbrando do que rolou...

Janeiro – Fevereiro - Março

Janeiro já iniciou com três homenagens para a nossa RITA, e isso seria constante durante todo o ano, em todo o Brasil e até mesmo no exterior, porque ELA está nos corações dos brasileiros e assim ficará para sempre, através de suas canções (as já conhecidas e as inéditas que Ela sempre continua a criar). Por isso é que nos dias 16 e 29, lá no início do ano, já começou sendo homenageada por duas bandas em Fortaleza: a Brasil 70 e a Jardim Suspenso, que tem esse nome inspirado na canção “Jardins da Babilônia”. Também Nelson Motta levou ao ar, no Jornal da Globo, uma crônica musical para lembrar os 50 anos de carreira da MUSA, no dia 30. Um dia depois, o Bloco Ritaleena, que voltará este ano a pleno vapor, desfilou os sucessos de Rita Lee pelas ruas de São Paulo.
E como sabemos que tudo que Ela toca vira ouro, em Fevereiro já tivemos a notícia de que o documentário sobre o seu querido time Corinthians, Democracia em Preto e Branco, que ela narrou, ganhou o Prêmio Thinking Football Film Festival 2015, na Espanha. Em Março, mês Cor de Rosa Choque (expressão que ela eternizou em sua canção do álbum de 1980 e que virou tema do importante programa TV Mulher, na Rede Globo), ela foi lembrada com uma caricatura por seus 50 anos de carreira, 


e também esteve representada pelo artista Alecrim em um desenho na Exposição que homenageou as Mulheres Poderosas, durante os dias 09 a 29/03, no Tietê Plaza Shopping. A cantora Andréia Dias lançou um álbum em homenagem à Rita, chamado “Prisioneira do Amor”. Durante este ano, o musical “Rita Lee mora ao lado”, inspirado na biografia autorizada de Rita escrita pelo inesquecível amigo Henrique Bartsch, continuou com muito sucesso, por todo o Brasil, dando o prêmio de Melhor Atriz, da revista Quem Acontece, à Mel Lisboa, que interpreta a nossa Rainha na peça. Prêmio maior foi a Mel receber a gravação da Rita a cumprimentando!!!


 Neste mesmo dia, foi divulgado que Rita está entre os artistas que mais venderam discos no Brasil. Esta informação é importante, porque ela é a nossa maior compositora ainda viva e nesta terra machista, vender discos nunca foi bem algo destinado às nossas cantoras. Parabéns, Amor da gente, também por isso. E as bandas inspiradas nela continuaram com suas homenagens pelo Brasil, como a que ocorreu em Goiânia, no dia 22, com a Banda Mamãe Natureza. No dia 22, o artista Marcus Baby divulgou a bonequinha inspirada na nossa Musa, ela viu e o agradeceu! 


Neste mês de março, também, começaram a ser divulgadas as imagens dela para a Chillebeans, marca Rockstter para a qual desenhou LEEndos óculos e relógios. 


E para fechar o mês, uma outra exposição inaugurando a Galeria Nikkon, em SP, que foi, também, a Curitiba exibindo a foto que Bob Wolfenson tirou dela na casa dos seus pais, na Vila Mariana, com sua cachorrinha, logo após ter sido solta da revoltante prisão em 1976. Fazia parte de uma série para uma matéria que foi publicada na revista Pop, em novembro daquele ano, na qual Roberto de Carvalho foi oficialmente apresentado como seu marido.



 Abril-Maio-Junho

Logo no início de abril tivemos uma peça, “Revolução das Mulheres”, de Aristófanes, autor grego, embalada por canções de Rita Lee, na UFPR, em uma mostra de teatro.


 A cantora Liliany Sá grava programa de TV, em Fortaleza, fazendo Tributo à Rita (foi ao ar em maio). E no finalzinho do mês, rolou o “Elas cantam Rita Lee”, em Vitória da Conquista/BA. E em Maio, um promotor de justiça da região Norte citou as letras de nossa Rita como um bom exemplo de boas composições diante de outras que pululam por aí... E a nossa Rita é mesmo internacional, no IV Festival da Canção de Língua Portuguesa de Pequim e Tianjin, uma aluna da primeira série do segundo grau - Chen Yun (que adotou o nome de Alice) -  interpretou "Agora só falta você", e ficou em primeiro lugar! E de 13/5 a 03/6 a cantora Jordana Soletti apresentou o Especial Rita Lee, com quatros shows dedicados ao repertório da Rita. - Curitiba - PR. E durante 16 a 23/5 rolou a Exposição "Mulheres em desordem", Rita foi uma das 5 homenageadas em gravuras pela pintora Nathália Queiroz, em Recife! Em Junho, logo no iniciozinho (11) São Paulo viu Thiago Pethit fazer show com canções de Rita Lee & Tutti Frutti no Sesc,  a Homenagem à Rita Lee com Nathalie Alvim no Open Mall The Square (13, 14, 20 e 21), além de Milton Medusa Trio e Débora Paiva com Divina Mutante - Tributo à Rita Lee, que rolou na Concha Acústica. Mas o Rio de Janeiro não ficou de fora das homenagens e no dia 13, no Leblon, Celso Fonseca fez um show com canções de Rita Lee, no Vizta. E no dia 25 foi a festa de lançamento da coleção Rita Lee Chille Beans.


Julho–Agosto-Setembro

E o Rio, logo no início, na cidade de Resende, fez uma Exposição de Capas de Vinis homenageando a parceria Rita-Roberto.


 Ribeirão Preto levou o show com canções de Rita Lee com a dupla Thalicia e a Banda Rock e Rose. No dia 05 houve o Programa sobre Rita Lee, Biografias, Rádio USP-FM, Programa Universidade 93,7.  E os Tributos à Rita Lee continuaram, agora com Doces Vampiros no Centro Cívico de Curitiba. Também assistimos ao programa Arquivo N Cazuza, nele, o cantor e compositor revelou que Rita Lee foi uma das artistas que revolucionou a sua vida, pois ao comprar seus discos, se tornara uma pessoa melhor. E o jornal Ribeirão Preto on line divulgou que Rita Lee é uma das 13 artistas de rock mais conhecidas no exterior. O estudo foi realizado com base no número de streams (execuções) feitos por usuários da Deezer, gratuitos e assinantes, fora do Brasil. A análise foi realizada com base no histórico de escuta  no período de 1º de janeiro de 2015 a 11 de julho de 2015. Ao todo, 33 bandas e artistas nacionais foram analisados nesse levantamento. Em vários dias de Agosto, (5, 12, 19 e 26) aconteceu o Tributo “Elas cantam Rita Lee”, no Cabaré Farol, em Maringá, Paraná. E no SESC-SP, Nina Becker levou o show “Fruto Proibido”.  E uma peça infantil, "Estralando o roque", utilizou a canção "Esse tal de Roque Enrow" para falar de Roque para as crianças com a  Banda Estralo, no Auditório Cláudio Santoro em Campos do Jordão, SP (28). E para fechar Agosto, rolou o Tributo à Rita Lee, com o Coro Cênico da Escola de Artes de Mossoró - Teatro Municipal Dix-huit Rosado. Em Setembro, os cantores Nean Galuccio, Patrícia Rabelo e Renata Del Pinho se reuniram, no Teatro Waldemar Henrique, para apresentar o show "Jardins da Babilônia", em homenagem à cantora Rita Lee, no dia 3, em Curitiba. Também Nathalie Alvim, no dia 4, realizou show sobre a nossa Rita, em SP.  No dia 05 o grupo Jardim Suspenso participou do 22 Festival Nordestino de Teatro homenageando Rita Lee. No dia 17 tivemos o Especial Rita Lee, por Jordana Soletti, na Quinta Jack in night do Phoenix, em Curitiba, PR. No dia 20, foi divulgada que uma peça, montada durante o Rock in Rio, revive os momentos do Rock in Rio de 1985, e nela uma atriz interpreta Rita Lee. 

Também no dia 20 a nossa Rita vai à Feira de Antiguidades do Bixiga – SP. 


No dia 21 foi divulgado o box com 7 vinis de Os Mutantes.

Outubro – Novembro – Dezembro

No mês de Outubro o Metrô de Vila Madalena exibiu um quadro em homenagem à Rita Lee. No dia 15, o Jornal O Globo publicou a boa notícia de que a autobiografia de Rita já havia sido finalizada por ela e entregue para a editora. No dia 22 Rita prestigiou a Primeira Mostra em SP de Antônio Lee, na Galeria Zipper.


 No dia 27, ocorreu o lançamento do livro “A hora e a vez”, de Leilinha, no Delirium Café, com fotos inéditas da nossa mutante Rita. E no finalzinho do mês, nossa Rita foi citada como referência, também, de beleza do século XX. No primeiro dia de Novembro tivemos um Especial com a Rita na Rádio Itatiaia, de Belo Horizonte. E no dia 10, a Querida esteve no lançamento do novo livro de Camila Fremder. 


No dia 10, mulheres se manifestaram contra o machismo ao som de Pagu, em Brasília. A cantora paraense Gláfira Lobo, em Belém, homenageou Rita Lee e seu álbum clássico “Fruto Proibido”, lançado em 1975. No dia 23, rolou o Especial da Rádio 98 FM sobre Rita Lee. Nos últimos dias de Novembro, duas homenagens: em Passo Fundo, rolou o Rita Lee Especial, que fez um passeio por todas as fases da carreira da “Camaleoa Brasileira” e o Coro Cênico de Mossoró levou o “Nós aqui, Rita Lee”. Chegamos em Dezembro, mês do aniversário da nossa Musa (31)! Ela foi homenageada pela Universidade de Brasília, logo no iniciozinho do mês,  através do Especial da Rádio 98 FM. Também, neste mês, ocorreu o Leilão promovido pela Revista Quem Acontece, em prol do Instituto Luisa Mel, o lance felizardo (de mais de 2.000 reais) levou um quadro da La Miranda pintado por ela, camisetas e outras jóias mais. 


Brenda Fernandes também a homenageou com um show na Sede da Associação Atlética do Banco do Brasil, em Macapá. E no dia 26 rolaram: Especial com ela na Rádio Tabu, Argentina e mais um show tributo para fechar o ano, representativo de tantos que citamos: Tributo à Rita Lee a aos Mutantes, no  Echos Studio Bar, Campinas SP. A melhor dica do ano é o box com seus 21 CDs relançados após 20 anos. FeLEEz 2016!



Comentários

  1. Parabéns pelo seu empenho e dedicação.
    Fã é algo especial, pois a sintonia é total.
    Grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito grata pelas palavras carinhosas, Zazá Lee. FeLEEz Ano Nuevo!

      Excluir
    2. Muito grata pelas palavras carinhosas, Zazá Lee. FeLEEz Ano Nuevo!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Rita Lee é a Artista com mais canções em trilhas de novelas

Rita Lee: entrevista exclusiva para este blog

Os sete últimos shows de Rita Lee, entre 2012/2013