Postagens

Mostrando postagens de 2017

Rita Lee faz 70 anos: 70 fotos que tirei dela em shows por todo o Brasil

Imagem
Descobri Rita Lee com 11 anos, quando estourou o álbum Fruto Proibido e as canções dela passaram a fazer parte das trilhas de novelas globais. Eu , menina de escola municipal do bairro suburbano de Madureira, também moradora em outro bairro de subúrbio (Pilares), filha de policial militar com dona de casa, garota classe média baixa cuja vida se resumia a ir de casa para a escola, nunca frequentei cursinhos, muito menos de inglês, por isso me incomodava nada entender das letras das canções que minhas colegas roqueiras gostavam - Led Zepelin, Suzy Quatro e outros.  O ROQUE de Rita, traduzido gentilmente para a língua portuguesa, repleto de poesia e toques, no meio da rebeldia e da ousadia que a caracteriza até hoje, me pegou como flecha certeira no coração. "Babe, babe, não adianta chamar", "Esse tal de Roque Enrow". Ela aportuguesava o inglês no melhor estilo modernista antropofágico e passou a alegrar as minhas retinas tão fatigadas, nas participações que fazia no G…